sexta-feira, 23 de outubro de 2015

Você sabe quem eram os fariseus?

Fariseus
Fariseu (do hebraico פרושים) é o nome dado a um grupo de judeus devotos à Torá, surgidos no século II a.C.. Opositores dos saduceus, criam numa Lei Oral, em conjunto com a Lei escrita, e foram os criadores da instituição da sinagoga. Com a destruição de Jerusalém em 70 d.C. e a queda do poder dos saduceus, cresceu sua influência dentro da comunidade judaica e se tornaram os precursores do judaísmo rabínico. A palavra Fariseu tem o significado de "separados", " a verdadeira comunidade de Israel", "santos". 


Sua oposição ferrenha ao Cristianismo rendeu-lhes através dos tempos uma figura de fanáticos e hipócritas que apenas manipulam as leis para seu interesse. Esse comportamento deu origem à ofensa "fariseu", comumente dado às pessoas dentro e fora do Cristianismo, que são julgados como religiosos aparentes. Os fariseus eram em sua maioria empresários de classe média e, por conseguinte, tinham contato constante com as pessoas. 

Apesar de serem uma minoria no Sinédrio, eles pareciam controlar todo processo decisório pois tinham o apoio do povo. 

Religiosamente, eles enxergavam a Palavra Escrita como inspirada por Deus (palavra escrita é agora o nosso antigo testamento). No entanto, eles também enxergavam a tradição oral com a mesma autoridade e tentaram defender sua posição ao argumentar que estas tradições podiam ser traçadas de volta para Moisés. 

Eles acreditavam no seguinte:

1 - Deus controlava todas as coisas mas que decisões tomadas por indivíduos também contribuíam para o que acontecia no curso da vida de uma pessoa. 

2 -  Eles acreditavam na ressurreição dos mortos: "E Paulo, sabendo que uma parte era de saduceus e outra de fariseus, clamou no conselho: Homens irmãos, eu sou fariseu, filho de fariseu; no tocante à esperança e ressurreição dos mortos sou julgado". Atos 23:6. 

3 - Eles acreditavam em uma vida depois da morte, com a devida recompensa e punição individual. 

4 - Eles acreditavam na existência de anjos e demônios: "Porque os saduceus dizem que não há ressurreição, nem anjo, nem espírito; mas os fariseus reconhecem uma e outra coisa." Atos 23:8

Jesus condenou os fariseus pelo interesse deles em impressionar os outros: "E fazem todas as obras a fim de serem vistos pelos homens; pois trazem largos filactérios, e alargam as franjas das suas vestes, E amam os primeiros lugares nas ceias e as primeiras cadeiras nas sinagogas, E as saudações nas praças, e o serem chamados pelos homens; Rabi, Rabi. Vós, porém, não queirais ser chamados Rabi, porque um só é o vosso Mestre, a saber, o Cristo, e todos vós sois irmãos. E a ninguém na terra chameis vosso pai, porque um só é o vosso Pai, o qual está nos céus. Nem vos chameis mestres, porque um só é o vosso Mestre, que é o Cristo. O maior dentre vós será vosso servo. E o que a si mesmo se exaltar será humilhado; e o que a si mesmo se humilhar será exaltado." Mateus 23:5-12 

Eles tinham aperfeiçoado diversas técnicas de chamar atenção, como usar roupas especiais para fazê-los parecer mais religiosos, orar e jejuar de modos muito visíveis e disputar pelas posições mais elevadas tanto na sinagoga como no mercado. Eles insistiam em que os outros lhes dessem títulos especiais de respeito, quando os saudassem, porque queriam ser notados e admirados. 

Eles eram cobiçosos: "E os fariseus, que eram avarentos, ouviam todas estas coisas, e zombavam dele." Lucas 16:14.

Jesus os acusou de roubalheira e de devorar as casas das viúvas. É difícil saber exatamente como eles "devoravam" as casas das viúvas; talvez persuadindo-as a fazer grandes doações.

Existem diversos textos onde Jesus adverte e condena os Fariseus. Qunado tiver tempo, leia. Com toda certeza valerá a pena.


Fontes: link, link1,link2

    Choose :
  • OR
  • To comment
Um comentário:
Write comentários
  1. Parabéns por ter dado este ensino tão importante!! ParabParabéns

    ResponderExcluir