domingo, 27 de março de 2016

A carta de Paulo a Filemom

Paulo e Onésimo
A carta de Filemom foi escrita pelo apóstolo Paulo, próximo do final do seu primeiro aprisionamento em Roma, por volta do ano 61 d.C. Esta pequena carta é encontrada na Bíblia depois da carta de Tito e antes do livro de Hebreus.

Eu sempre imaginei que esta carta fora enviada à igreja de Filemom, afinal Paulo já havia enviado outras cartas para outras igrejas. Mas o que acabei descobrindo é que Filemom não é uma igreja e sim uma pessoa.

Filemom era cristão e amo ou dono de escravos. A sua casa situava-se em Colossos, cidade da parte sudoeste da Ásia Menor, e servia de local de reunião para a congregação de cristãos naquela região.
Paulo dá a entender que Filemom era uma fonte de encorajamento para outros cristãos, como um exemplo de fé e de amor.


Na carta, Paulo intercede pela vida de Onésimo, um escravo fugitivo que talvez tivesse furtado dinheiro de Filemon, seu senhor, para realizar sua viagem de fuga a Roma. No entanto, em Roma, Onésimo encontrou o apóstolo Paulo que falou sobre o Evangelho de Cristo Jesus.

Já crente e firme na fé, Onésimo é enviado de volta ao seu senhor com uma carta de recomendação em seu benefício. Nesta carta, Paulo pede que Filemom receba seu criado com o coração perdoador daquele que foi alcançado pela maravilhosa graça de Cristo Jesus. Por outro lado, Onésimo deveria se entregar ao serviço do seu senhor com o toda lealdade e dedicação, qualidades essas encontradas em pessoas transformadas pelo poder do Evangelho de Deus.

Paulo confiava tanto na transformação de Onésimo, que diz a Filemom: 

Porque bem pode ser que ele se tenha separado de ti por algum tempo, para que o retivesses para sempre, não já como servo, antes, mais do que servo, como irmão amado, particularmente de mim, e quanto mais de ti, assim na carne como no Senhor? Assim, pois, se me tens por companheiro, recebe-o como a mim mesmo. E, se te fez algum dano, ou te deve alguma coisa, põe isso à minha conta. Eu, Paulo, de minha própria mão o escrevi; eu o pagarei, para te não dizer que ainda mesmo a ti próprio a mim te deves. ” Filemom 1:15-19

Ou seja, Paulo se coloca à disposição de arcar com qualquer dívida que Onésimo pudesse ter feito anteriormente a Filemom.


Esta carta é uma ilustração de nossas vidas.

Nós somos os Onésimos de hoje, afinal nós pecamos:

Porque todos pecaram e destituídos estão da glória de Deus; “ Romanos 3:23

Como está escrito: Não há um justo, nem um sequer. ” Romanos 3:10

E assim como Paulo intercedeu por Onésimo, Jesus Cristo que por nós morreu, intercede pelas nossas vidas:

Visto que temos um grande sumo sacerdote, Jesus, Filho de Deus, que penetrou nos céus, retenhamos firmemente a nossa confissão.
Porque não temos um sumo sacerdote que não possa compadecer-se das nossas fraquezas; porém, um que, como nós, em tudo foi tentado, mas sem pecado.
Cheguemos, pois, com confiança ao trono da graça, para que possamos alcançar misericórdia e achar graça, a fim de sermos ajudados em tempo oportuno. ” Hebreus 4:14-16

"Mas Deus prova o seu amor para conosco, em que Cristo morreu por nós, sendo nós ainda pecadores." Romanos 5:8

Que possamos servir a Cristo em Espírito e em verdade! E que sejamos como Onésimo, que em outro tempo havia sido inútil, mas tornou-se útil.

O qual noutro tempo te foi inútil, mas agora a ti e a mim muito útil; eu to tornei a enviar.” Filemom 1:11




Fonte: link, link2

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário:
Write comentários