sábado, 1 de abril de 2017

Qual o real significado da Páscoa?

Significado da Páscoa
O termo Páscoa é oriundo da escritura. É um acontecimento que ocorreu entre os Hebreus, os Israelitas do antigo testamento. Hoje em dia a Páscoa é vista de forma adulterada, se tornando sinônimo de coelho, ovo de chocolate, festa e marketing. Porém, o que a Bíblia sagrada nos ensina não tem nada a ver estas coisas.

A Páscoa na verdade dá início a libertação do povo de Israel do cativeiro de 430 anos do Egito rumo a terra prometida. No antigo testamento então a Páscoa é a libertação do povo de Deus da servidão e do cativeiro rumo a terra prometida, conforme visto em Êxodo 12.
Na Páscoa também acontecia o sacrifício de um animal, um cordeiro era sacrificado, o sangue era aspergido nas casas de Israel e assim poupa-os da ira de Deus:  “Ofereçam como sacrifício da Páscoa ao Senhor, ao seu Deus, um animal dos rebanhos de bois ou de ovelhas no local que o Senhor escolher para habitação do seu Nome”. Deuteronômio 16:2


No novo testamento, ou podemos falar que hoje em dia não temos mais a necessidade de realizarmos sacrifícios de animais pois temos a Cristo, ou seja, Cristo é a nossa Páscoa, ele é o Cordeiro Santo que foi oferecido por nossa salvação e através de seu sangue somos poupados da ira de Deus. Sendo assim, para nós a Páscoa simboliza a nossa libertação da morte e do pecado, de uma vida plena e de amor com nosso Deus.

"Porque Cristo, nossa páscoa, foi sacrificado por nós". I CO 5:7b

Esse vídeo mostra muito bem a história da Páscoa:

    Choose :
  • OR
  • To comment
Nenhum comentário:
Write comentários