domingo, 19 de maio de 2019

O véu de Verônica

Quero deixar claro que o que vou falar aqui não está nos livros canônicos da Bíblia e estou escrevendo apenas por cursiosidade. Cheguei a esse assunto após realizar algumas pesquisas para falar sobre a Via Dolorosa, que escrevi em outra postagem. Também acredito que seja importante conhecermos fatos históricos que não costam nos textos canônicos.

Outro motivo é que na minha infância ouvia algumas pessoas falando sobre Jesus ter parado três vezes para descansar enquanto carregava a cruz em seu caminho pela Via Dolorosa e também ouvi sobre alguém que teria supostamente enxugado seu rosto (aí entra o assunto desse texto) nessa sua caminhada.


O assunto em questão é que em certo momento, enquanto Jesus carregava sua cruz, uma mulher se aproximou dEle e enxugou o suor de seu rosto com o véu.


Como já informei acima, não há nada sobre isso nos livros canônicos, mas são encontradas informações a respeito desse véu no livro apócrifo dos Atos de Pilatos (século VI). Fala-se de uma mulher conhecida, em latim, com o nome de Verônica (
Bernike, em grego), que enxugou com um véu o rosto de Cristo na Via Dolorosa, inclusive a tradição diz que na véu ficou imprimido o rosto de Cristo. 

Essa mesma Verônica, tempos antes, teria implorado a Jesus que a curasse e
nquanto Ele passava. Ela teria conseguido tocar-lhe o manto e foi curada:
 

E estava ali certa mulher que havia doze anos vinha sofrendo de uma hemorragia e gastara tudo o que tinha com os médicos; mas ninguém pudera curá-la.Ela chegou por trás dele, tocou na borda de seu manto, e imediatamente cessou sua hemorragia."Quem tocou em mim? ", perguntou Jesus. Como todos negassem, Pedro disse: "Mestre, a multidão se aglomera e te comprime".Mas Jesus disse: "Alguém tocou em mim; eu sei que de mim saiu poder".Então a mulher, vendo que não conseguiria passar despercebida, veio tremendo e prostrou-se aos seus pés. Na presença de todo o povo contou por que tinha tocado nele e como fora instantaneamente curada.Então ele lhe disse: "Filha, a sua fé a curou! Vá em paz". Lucas 8:43-48

Para a Igreja Católica, Verônica é considerada uma santa, a patrona (aquela que protege) da França e a protetora das lavadeiras e hoje alguns crêem que o véu se encontre em Monoppello, Itália (Manoppello é uma comuna italiana da região dos Abruzos, província de Pescara, com cerca de 5.630 habitantes. Estende-se por uma área de 39 km², tendo uma densidade populacional de 144 hab/km². Faz fronteira com Alanno, Casalincontrada (CH), Chieti (CH), Lettomanoppello, Rosciano, Serramonacesca, Turrivalignani) 

Você pode ver um poucos mais sobre isso no site: www.voltosanto.it.

terça-feira, 14 de maio de 2019

As 3 Marias que estavam junto à cruz de Jesus

As três Marias
Assim como falei a respeito dos Tiagos citados na Bíblia Sagrada, vou falar um pouco sobre quem eram as três Marias também. Lembrando que existem mais Marias citadas na Bíblia, porém, irei escreverei futuramente a respeito. 

Vamos falar um pouco sobre as três Marias que aparecem na crucificação de Jesus:
  • Maria, mãe de Jesus  - Maria de nosso Senhor Jesus Cristo, que dispensa explicações a respeito.
  • Maria, mãe de Tiago e José -  Maria de Cléofas, é a tia de Jesus, irmã de Maria de Nazaré, e casada com Cléofas (Cleofas, Cleofás, Cleopas, Clopas), também conhecido como Alfeu - ela é conhecida na tradição católica como Maria Salomé.
  • Maria Madalena - ( Descrita no Novo Testamento como uma das discípulas mais dedicadas de Jesus Cristo) - Também a identificam como sendo a mesma Maria de Betânia, irmã Marta e de Lázaro (uma curiosidade é que ela ungiu com óleo os pés de Jesus 6 dias antes da Páscoa, vide o versículo: "Então Maria, tomando um arrátel de unguento de nardo puro, de muito preço, ungiu os pés de Jesus, e enxugou-lhe os pés com os seus cabelos; e encheu-se a casa do cheiro do unguento." João 12:3)
A Bíblia diz que as 3 estavam ao pé da Cruz no momento da crucificação de Jesus Cristo:
"E junto à cruz de Jesus estava sua mãe, e a irmã de sua mãe, Maria mulher de Clopas, e Maria Madalena". João 19:25

próprio versículo acima distingue as 3 Marias e nos ajudam na compreensão. Lembrando que ali também estava o discípulo a quem Jesus amava:  "Ora Jesus, vendo ali sua mãe, e que o discípulo a quem ele amava estava presente, disse a sua mãe: Mulher, eis aí o teu filho." João 19:26

Como falei no inicio do texto, existem outras Marias citadas na 
Bíblia Sagrada, podemos falar mais sobre elas em outra publicação.

terça-feira, 23 de abril de 2019

Veja o que são e quais são os livros apócrifos

Livros Apócrifos
A palavra Apócrifo significa falso, suspeito. Expressão usada quando um fato ou uma obra tem sua autenticidade e origem suspeita ou duvidosa.

Falando sobre o evangelho e sendo direto, os livros Apócrifos são os livros que não fazem parte da lista oficial de livros que constam na Bíblia.

Mesmo não fazendo parte da Bíblia, ou seja, não sendo usados como fundamentos cristãos, podemos dizer que esses livros possuem o seu valor moral e histórico no mundo. Como citado em outro texto deste mesmo site (você pode vê-lo clicando aqui), alguns desses mesmos livros estão disponíveis e são considerados oficiais nas versões da Bíblia da igreja católica.

Esses livros podem ser divididos entre o antigo e novo testamento e também possuem subdivisões. Abaixo irei listar alguns deles:


Apócrifos do Novo Testamento: 

                  
Evangelhos da Infância de Jesus
  1. O Evangelho da Infância Siríaco (ou Evangelho Árabe da Infância)    
  2. A História de José, o carpinteiro
  3. A Vida de João Batista
  4. O Evangelho Armênio da Infância de Jesus  

Evangelhos da Paixão 
  1. Evangelho de Gamaliel
  2. Evangelho de Nicodemos
  3. Evangelho de Pedro 
  4. Declaração de José de Arimateia  
 Atos    
  1. Atos de André
  2. Atos de Pedro
  3. Atos de Pilatos
  4. Atos de Tadeu
  5. Atos de Tito
  6. Atos de Timóteo
  7. Atos de Paulo e Tecla
  8. Atos de Felipe
  9. Atos de Santippe e Polissena
  10. Atos de Bartolomeu ou Martírio de Bartolomeu


Com o tempo irei adicionar mais livros a essa lista, se você conhecer algum que não está aqui e quer sugerir que eu o inclua, deixa seu comentário.

domingo, 14 de abril de 2019

Um pouco sobre a Via Dolorosa - Via Crucis

Via Crucis ou Via Dolorosa - Local onde Jesus carregou a cruz
Via Dolorosa (do latim Via Crucis, que significa "Caminho da Cruz"), diretamente falando, significa: o trajeto que foi percorrido por Jesus carregando a cruz do local do julgamento de Pilatos até ao Calvário.

Muitos são os visitantes que vão até a Antiga Cidade de Jerusalém e aproveitam a oportunidade para realizar o exercício da Devoção da Via Sacra, também conhecida como Via Sacra. As meditações da Via Sacra são baseadas nas tradicionais quatorze estações ou etapas em que se apresentam as cenas da Paixão de Cristo a serem meditadas pelos Seus seguidores e devotos:

Essas são as estações:

  1. Jesus é condenado à morte
  2. Jesus carrega a cruz às costas
  3. Jesus cai pela primeira vez
  4. Jesus encontra a Sua Mãe
  5. Simão de Cirene ajuda Jesus
  6. Verônica limpa a face de Jesus
  7. Jesus cai pela segunda vez
  8. Jesus encontra as mulheres de Jerusalém
  9. Jesus cai pela terceira vez
  10. Jesus é despojado de Suas vestes
  11. Jesus é pregado na cruz
  12. Jesus morre na cruz
  13. Jesus é descido da cruz
  14. Jesus é sepultado
Essas estações são, supostamente, os locais onde momentos específicos aconteceram na última caminhada de Jesus, incluindo o local onde Simão, o Cirineu, começou a carregar a cruz, onde o rosto de Jesus foi limpado por Verônica, e onde Ele caiu a terceira vez. Alguns desses eventos, entretanto, como as três quedas e onde Verônica lhe limpou a face, vêm de fontes não canônicas – lendas que não são enraizadas às narrativas do Evangelho. 

Sete estações são encontradas na parte islâmica da cidade; duas são encontradas na parte Cristã, mas ao lado de fora da Igreja do Santo Sepulcro; e as últimas são encontradas dentro dos muros da Igreja do Santo Sepulcro.

Muitos são os peregrinos que continuam a caminhar pela Via Dolorosa para ter a oportunidade de contemplar a última caminhada feita por Jesus na Terra como o Messias.


E você, tem vontade ou curiosidade de caminhar pela Via Dolorosa? Deixe seu comentário.

domingo, 3 de março de 2019

Nicolaítas, quem eram eles?

Nicolaítas
Vamos começar citando os versículos do livro Apocalipse:

"Mas há uma coisa a seu favor: você odeia as práticas dos nicolaítas, como eu também as odeio."  Apocalipse 2:6

"De igual modo você tem também os que se apegam aos ensinos dos nicolaítas."
Apocalipse 2:15

Mas afinal, quem eram os nicolaítas?

Irineu e Hipólito (séculos 2 e 3 d.C.), diziam que o fundador dessa heresia era um certo diácono chamado Nicolau, um dos 7 escolhidos em Atos dos Apóstolos: 

"E este parecer contentou a toda a multidão, e elegeram Estêvão, homem cheio de fé e do Espírito Santo, e Filipe, e Prócoro, e Nicanor, e Timão, e Parmenas e Nicolau, prosélito de Antioquia; E os apresentaram ante os apóstolos, e estes, orando, lhes impuseram as mãos." Atos 6:5,6. 

É certo que os nicolaítas deram muito trabalho à igreja de Cristo. Muitos estudiosos falam em uma certa tentativa de introduzir no meio cristão elementos pagãos. Eles tinham sua própria doutrina e praticavam obras carnais. Os nicolaítas viviam uma vida de libertinagem desenfreada. 

Sobre isso comentou Steven J. Lawson, dizendo: "eles encorajavam à libertinagem". Tertuliano (aproximadamente. 200 d.C) diz que eles comiam das coisas sacrificadas aos ídolos, e menciona a fornicação que cometiam.

Os nicolaítas ensinavam que o importante era o espírito, pois a carne para nada servia. Não viam o corpo como o templo do Espírito Santo. Diziam terem tido revelações exclusivas, e serem detentores da verdade, também profetizavam e tinham visões. Inventavam curas e forjavam milagres, adoentando as igrejas com imitações ridículas e ordinárias do poder de Deus.

De uma coisa podemos ter certeza através da leitura do texto bíblico: Jesus odiava as obras dos nicolaítas! Quando Jesus fala sobre o esfriamento da igreja de Éfeso, por ter abandonado o primeiro amor, Ele cita que o que tem a favor dela é que ela odiava as obras dos nicolaítas.

Isso é o que encontrei sobre essa seita, se você souber de mais alguma coisa, quiser sugerir algo ou comentar sobre, é só fazer através de um comentário.